AHmão

Com formação em economia, a artista Andréa Herrero travou uma longa batalha com números e leis em sua trajetória profissional,  num mundo repleto de conjuntinhos em tons pastel, onde ela sempre bateu na tecla de que bons acessórios faziam toda a diferença àquele pretinho transgressor. 

Apaixonada por acessórios, Andréa não conseguia extravasar toda a sua sede criativa ao montá-los a partir de peças prontas. Lançou a AHmão, em 2018, quando descobriu o “polymer clay”, conhecido no Brasil como cerâmica plástica, e encantou-se com suas infinitas possibilidades.

Nas palavras da artista “Desenvolver acessórios, literalmente à mão, nas cores e formas que me fazem feliz e que trazem versatilidade e contemporaneidade para os mais diferentes estilos, faz todo sentido para o estilo de vida da mãe que escolhi ser.”

Na tranquilidade caótica de seu ateliê, acompanhando o desenvolvimento da cria e criaturas, Andréa encontrou a realização pessoal e profissional que sempre buscou. E assim como acontece na vida, a arte ressignificou sua trajetória.